Outras Linguagens | Para lá do Estudo

 

Obra musical dedicada a Santo Tirso (estreia mundial) | 18/outubro, 18h30

Guitarra Clássica, Suécia

Obra musical de Johannes Möller dedicada a Santo Tirso e interpretada pelo próprio, em estreia mundial.

Cidade da Guitarra (estreia mundial) | 18/outubro, 18h45

Documentário, Portugal

Documentário sobre o Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso e as questões implicadas nos domínios da fruição artística e das políticas culturais no contexto nacional. Realização de Joaquim Pavão.

 

Mostra do Festival de Cinema MA Beach | 19/outubro, 18h30; 21 e 22/outubro, 14h30

Cinema, América Latina

Mostra de filmes que abordam assuntos em torno da guitarra e das relações entre música e imagem. A Yabá Filmes, produtora do Festival de Cinema MA Beach, é uma produtora sociocultural que une o cinema, a literatura e o teatro em projetos multifuncionais, tendo como base a busca pelo autoconhecimento, a cultura da coletividade, um olhar para a diversidade e para novas áreas integradas. Com projetos híbridos e itinerantes, abrange todo o território brasileiro, com iniciativas de alcance internacional.

 

Em Loop | 18 – 21/outubro, 20h e 23h

Media Artes, Portugal

Mostra de uma seleção de trabalhos de media artes dos alunos da Escola Superior de Media Artes e Design – Politécnico do Porto. Curadoria: Horácio Tomé Marques.

 

Cartografia in-motion | em continuidade

Instalação artística, Portugal

Rosinda Casais, natural da Póvoa de Varzim (1981), é arquiteta e artista plástica. Com objetos, instalações e livros de artista questiona o gesto, a efemeridade, o lugar e a memória coletiva. Interessa-se por analisar processos provenientes da dimensão relacional e de contaminação que ocorrem em espaços comuns.  Forma-se em Arquitetura pela Faculdade de Arquitetura da Universidade do Porto, em 2006, e em Artes Plásticas-Escultura pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, em 2021. De 2004 a 2022 colabora com equipas de arquitetos como Atelier Peter Zumthor, Vinagre & Côrte-Real, Immopo Studio, Fahr 021.3 e Hethnomodern. Desde 2017, desenvolve a sua prática artística no atelier partilhado ‘coo195’. De 2021 a 2022, dinamiza o projeto colaborativo ‘entre’, montra de exposições de trabalhos de jovens artistas, no Edifício Parnaso, Porto. Em 2021, inicia ‘crude’, projeto de organização de laboratórios artísticos em indústrias. Desde então, cria redes de conhecimento sobre desperdícios industriais. Atualmente, é investigadora no programa doutoral em educação artística (I2ADS/FBAUP) e bolseira FCT.

Outras Linguagens | Ouvir, Compreender

Conversa (des)concertante com Indigo Quintet, Quico Cadaval e José Geraldo | 20/outubro, 18h30

Uma tertúlia sobre as sinergias entre a música e a arte de contar histórias, enquadrando o processo criativo do espetáculo que os músicos do Indigo Quintet e o contador de histórias Quico Cadaval criaram para o FIGST’23.

 

Tecer os Sons (oficina para público geral) – Guida Fonseca | 21/outubro, 10h – 13h

Oficina de tecelagem

O que têm em comum guitarras e teares, produzindo cada um coisas tão diversas em instrumentos tão diferentes?

É no processo de criação e execução que ambos se encontram, partilhando escritas, ritmos, sequências, padrões, matemáticas que tudo ligam e tornam universal. Guida Fonseca propõe descobrir o que une e torna semelhantes estes dois universos, desafiando os formandos a compreender alguns princípios básicos da tecelagem e a experimentar diferentes tipos de teares.

Entrada gratuita sujeita a inscrição prévia.

Informações e reservas: cultura@cm-stirso.pt, 914382823 | 966714399

 

Conversa (des)concertante: Da imagem ao som | 21/outubro, 17h

António Costa Valente (diretor do Festival Internacional de Cinema de Avanca), Fernando Rocha (músico e artista plástico) e Mário Augusto (jornalista) conversam sobre os processos de acompanhamento, contaminação e transmutação entre imagem e som, examinando as suas aplicações, possibilidades e limitações.

 

Conversa (des)concertante com Duo Arsis, Guida Fonseca e Vitor Rua | 21/outubro, 18h30

Uma tertúlia sobre notação, tecelagem, guitarra, composição e improvisação musical, tendo como ponto de partida os processos de improviso musical sobre o trabalho têxtil e a composição visual dos fios a partir a música e das partituras sonoras.

Manipulação da Instalação | 22/outubro, 10h00

Instalação artística, Portugal

Rosinda Casais convida o público a manipular e transformar “Cartografia in-motion”, a instalação que criou para o FIGST’23. Um momento de encontro e troca de experiências, aprendizagens e leituras entre a artista e o público.

 

Conversa (des)concertante: O FIGST, transformação e permanência | 22/outubro, 17h00

Uma tertúlia sobre o Festival Internacional de Guitarra de Santo Tirso: a sua história, o seu presente e os desafios que se apresentam para o futuro. Com Laura Castro (diretora regional de cultura do Norte), Álvaro Moreira (diretor de departamento do desenvolvimento económico, emprego e cultura da CMST), Óscar Flecha (diretor artístico do FIGST) e moderação do jornalista Mário Augusto.

Organização | Produção | Parceiros

@ 2023 FIGST, All Rights Reserved

close